Controle do Bicudo-do-algodoeiro

A praga bicudo-do-algodoeiro (Anthonomus grandis Boh.) atualmente é listada através de levantamentos feitos sobre prioridades de trabalho em Mato Grosso, como sendo o primeiro em ordem de importância de controle. Por isso a proposição de adotar medidas para estabelecer um controle efetivo desta praga é o objetivo principal deste projeto. Através da redução da presença do bicudo-do-algodoeiro nas diferentes áreas de cultivo do algodão no Estado de Mato Grosso e tentar eliminar a praga em uma região onde a presença é muito pequena e recente. A fim de atender essa meta, foi feita a contratação (safra 2006/07) de um engenheiro agrônomo para cada um dos sete núcleos regionais da Associação Mato-grossense de Produtores de Algodão, bem como de um coordenador sediado em Cuiabá.

Sendo que, objetivo maior desse grupo é a mitigação dos efeitos do bicudo-do-algodoeiro na cotonicultura do Estado de Mato Grosso pelo trabalho contínuo de monitoramento da praga e persuasão do produtor a efetuar o controle de acordo com a intensidade indicada através dos resultados obtidos do monitoramento da praga. E também detectar a necessidade de se realizar o monitoramento e controle de outras pragas do algodoeiro.

Relacionadas

IMAmt - Instituto Mato-Grossense do Algodão
Rua Engenheiro Edgard Prado Arze, 1777 - Ed. Cloves Vettorato - 2 andar Quadra 03 - Setor A - Centro Político Administrativo
CEP: 78049-015 - Telefone: (65) 3624-1840
Cuiabá - Mato Grosso - Brasil