Introdução e caracterização de oleaginosas potenciais para produção de biodiesel em Mato Grosso

A demanda por óleos vegetais para produção de biodiesel tem proporcionado buscas por espécies com características agronômicas superiores para exploração econômica.

O objetivo deste projeto é introduzir e caracterizar híbridos, cultivares e linhagens de espécies de pinhão manso (Jatropha curcas L.), dendê (Elaeis guineensis, Jacq.) gergelim (Sesamum indicum), Nabo forrageiro (Raphanus sativus L.), Amendoim (Arachis hypogaea L.), Cártamo (Carthamus tinctorius L.), Mamona (Ricinus communis L.), Crambe (Crambe abyssinica) e outras, para produção de biodiesel, bem como utilizá-los em programas de melhoramentos das oleaginosas no intuito de conseguir cultivares superiores adaptados às diversas ambientes para atender os agricultores de Mato Grosso.

Relacionadas

IMAmt - Instituto Mato-Grossense do Algodão
Rua Engenheiro Edgard Prado Arze, 1777 - Ed. Cloves Vettorato - 2 andar Quadra 03 - Setor A - Centro Político Administrativo
CEP: 78049-015 - Telefone: (65) 3624-1840
Cuiabá - Mato Grosso - Brasil