Reação de genótipos de algodoeiro a doenças e nematóides

Ano da safra: 2009/10 | Autor: Rafael Galbieri

Doenças e nematóides constituem um dos principais problemas enfrentados pelos produtores de algodão no estado de Mato Grosso. A medida de controle mais eficiente e sustentável de doenças na cultura é a utilização de genótipos resistentes.

Assim, fica evidente a necessidade de eficiente classificação desses materiais, tanto no nível de cultivar – fornecendo informação direta ao produtor – como de linhagem, dentro de programas de melhoramento genético dessa cultura. O projeto teve como objetivo: a) avaliação da reação de cultivares de algodoeiro, mais plantadas no estado de Mato Grosso, à mancha de Ramularia, doença azul, mosaico das nervuras atípico, ramulose, mancha-angular, murcha de fusarium, Meloidogyne incognita e Rotilenchulus reniformis; b) dar suporte em fitopatologia (isolamento, multiplicação de inóculo, inoculação, avaliação da reação de genótipos de algodoeiro a doenças e nematóides) em programas de melhoramento do IMA, EMBRAPA e IAC na busca de Resistência Múltipla a Doenças. O total de caracterizações para doenças e nematóides realizadas no projeto, foram de aproximadamente 4.159, compreendendo oito patógenos.

Observou-se grande variação entre os genótipos avaliados, situação mais confortável, no que diz respeito à resistência, foi relatado para a mancha angular e doença azul, em condição intermediária estão a murcha de fusarium, mosaico das nervuras atípico e tolerância a M. incognita, já em pior situação estão as doenças de mancha de ramularia, ramulose e resistência de genótipos a nematóides. Também no projeto foram inoculados patógenos causadores da mancha angular e mancha de ramulária em aproximadamente 11.000 plantas (populações segregantes do programa de melhoramento do IMA) com seleção de 15-20 % com níveis de resistência as duas doenças.

Relatório final: Reação de genótipos de algodoeiro a doenças e nematóides, safra 09/10

Relacionadas

IMAmt - Instituto Mato-Grossense do Algodão
Rua Engenheiro Edgard Prado Arze, 1777 - Ed. Cloves Vettorato - 2 andar Quadra 03 - Setor A - Centro Político Administrativo
CEP: 78049-015 - Telefone: (65) 3624-1840
Cuiabá - Mato Grosso - Brasil