Doações para combate à covid-19 já ultrapassam R$ 21 milhões em MT

Doações para o combate ao novo corovavírus, feitas ao governo de Mato Grosso, já somam R$ 21.405.148,94. Mais de 75% foram feitas por empresas e o restante por entidades públicas. Equipamentos de proteção e material de consumo lideram a quantidade de doações. Secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo afirma que a população e os profissionais que atuam na linha de frente contra a covid são os principais beneficiados. “Registro minha gratidão às pessoas, empresas, entidades públicas e privadas que contribuíram com o governo do Estado no combate à covid-19”, disse o secretário.

A empresa que lidera as doações é o Itaú Unibanco, que foi o precursor da ideia de montar um programa de ajuda ao enfrentamento à pandemia, ao anunciar o Fundo Todos pela Saúde. Em segundo lugar está a Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa). Em seguida, a Joohn Deere fabricantes de máquinas e implementos agrícolas e a indústria de alimentos JBS.

A Ampa já doou quase R$ 7 milhões no combate à covid-19, em Mato Grosso. Fez ainda a doação de mil kits de testes PCR da covid-19 e empréstimos de um RT PCR, também conhecido como termo reciclador, que faz o exame em tempo real. O governo de Mato Grosso recebeu quase um milhão de itens doados pelo setor algodoeiro. São máscaras médicas, máscaras modelo KN95, máscaras de uso civil e roupas de proteção médica, entre outros.

Para o presidente da Ampa, Paulo Sérgio Aguiar, o momento agora é de união. “Nosso propósito não é somente desenvolver economicamente o Estado, mas também ajudar a todos que necessitam. Além desta doação que fizemos, muitos produtores de municípios como Primavera do Leste, Lucas do Rio Verde, Santo Antônio do Oeste, Rondonópolis estão realizando ações e doações nas regiões que atuam”.

Foram doados também recursos para implantação das UTIs em Sapezal, ampliação da unidade da Santa Casa de Rondonópolis, respiradores portáteis para Campo Verde, respiradores para hospitais de Cuiabá, e máscaras, equipamentos de proteção e testes rápidos aos municípios onde há núcleos da Ampa.

“Nós estamos fazendo tudo isso porque reconhecemos a importância de ajudar num momento como esse. Os produtores de algodão, os agricultores fazem parte da sociedade e também estamos sujeitos a se infectar, portanto todos temos que ajudar a combater este vírus e vencer a pandemia. Além disso, precisamos garantir a saúde dos profissionais que garantem um serviço essencial à sociedade, seja público ou privado”, afirmou Paulo Sérgio Aguiar, presidente da Ampa.

A empresa JBS já doou R$ 26,7 milhões para o combate à covid, sendo R$ 10 milhões para o Estado e R$ 16,7 milhões para 21 municípios mato-grossenses, beneficiando cerca de 1,5 milhão de pessoas. A empresa diz que espera que, com as doações, consiga ajudar no enfrentamento à pandemia e no atendimento da saúde da população. “Como empresa cidadã, é muito significativo poder contribuir para a construção de um legado em saúde para o país”, afirmou a empresa por meio da assessora de imprensa.

As doações podem ser feitas por meio da conta especial criada no Banco do Brasil para o recebimento de valores: Agência 3834-2 Conta Corrente 1.042.809-7. Já as empresas ou entidades que queiram doar materiais e insumos podem procurar a Secretaria de Saúde por meio do telefone (65) 3613-5387

Fonte: Repórter MT

Relacionadas

IMAmt - Instituto Mato-Grossense do Algodão
Rua Engenheiro Edgard Prado Arze, 1777 - Ed. Cloves Vettorato - 2 andar Quadra 03 - Setor A - Centro Político Administrativo
CEP: 78049-015 - Telefone: (65) 3624-1840

Cuiabá - Mato Grosso - Brasil

English English Portuguese Portuguese Spanish Spanish