Distribuição, dinâmica populacional e danos provocados por Meloidogyne incognita, Rotylenchulus reniformis e Pratylenchus brachyurus na cultura do algodoeiro no estado do Mato Grosso.

Ano da safra: 2002/03 | Categoria: Fitopatologia

Estudou-se a flutuação populacional dos nematóides em quatro propriedades localizadas em três regiões do estado do Mato Grosso e nestes locais foi possível acompanhar o efeito de diferentes seqüências de culturas nas áreas infestadas naturalmente, com base no número de nematóides ocorrente em 59 parcelas, com diferentes culturas e coberturas.

As identificações dos nematóides coletados, montagem de lâminas, atividades iniciadas no primeiro ano, tiveram continuidade, além disso, obteve-se isolados de Meloidogyne incognita, Rotylenchulus reniformis e Pratylenchus brachyurus, cujas quantidades são, no momento, suficientes para os testes de susceptibilidade dos cultivares e agressividade dos isolados, os quais serão utilizados nos próximos experimentos (3º ano). No teste de raça efetuado para dois isolados de Meloidogyne incognita, foi possível constatar que os mesmos pertenciam à raça três. A correlação entre população do nematóide e produção não apresentou significância para Pratylenchus brachyurus e o acompanhamento da dinâmica sugere que esse resultado seja devido às práticas de manejo do solo, estabelecidas para a cultura do algodoeiro no pós-colheita, que impedem as populações do nematóide de chegarem em níveis de danos econômicos.

Relacionadas

IMAmt - Instituto Mato-Grossense do Algodão
Rua Engenheiro Edgard Prado Arze, 1777 - Ed. Cloves Vettorato - 2 andar Quadra 03 - Setor A - Centro Político Administrativo
CEP: 78049-015 - Telefone: (65) 3624-1840
Cuiabá - Mato Grosso - Brasil