Projeto Piloto de Supressão do Bicudo-do-algodoeiro na Regional sul

Atualmente existe alto grau de tecnologia na cotonicultura matogrossense, mas ainda há uma ameaça real nas plantações de algodão: a praga bicudo-do-algodoeiro, cujo nome científico é Anthonomus grandis Boheman, que foi identificado pela primeira vez no Brasil na Região de Campinas (SP), em 1983. No Mato Grosso ele foi encontrado dez anos depois, em Cáceres,…

Introdução e caracterização de oleaginosas potenciais para produção de biodiesel em Mato Grosso

A demanda por óleos vegetais para produção de biodiesel tem proporcionado buscas por espécies com características agronômicas superiores para exploração econômica. O objetivo deste projeto é introduzir e caracterizar híbridos, cultivares e linhagens de espécies de pinhão manso (Jatropha curcas L.), dendê (Elaeis guineensis, Jacq.) gergelim (Sesamum indicum), Nabo forrageiro (Raphanus sativus L.), Amendoim (Arachis…

Avaliação de genótipos de algodoeiro para doenças e nematóides e aspectos metodológicos

Atualmente, as doenças do algodoeiro constituem um dos maiores problemas para a cultura no Estado de Mato Grosso. Todavia, esse grande problema vem sendo subestimado pela utilização de cultivares suscetíveis associadas ao controle químico de doenças, aumentando os custos de produção e poluição ambiental. A forma mais eficiente e econômica para o controle de doenças…

IMAmt - Instituto Mato-Grossense do Algodão
Rua Engenheiro Edgard Prado Arze, 1777 - Ed. Cloves Vettorato - 2 andar Quadra 03 - Setor A - Centro Político Administrativo
CEP: 78049-015 - Telefone: (65) 3624-1840
Cuiabá - Mato Grosso - Brasil